Javier Milei é eleito presidente da Argentina

35,8 milhões de argentinos foram às urnas neste segundo turno

JPCN.Blog
Javier Milei Foto: EFE/ Enrique Garcia Medina

Neste domingo (19), Javier Milei foi eleito presidente da Argentina com 56% dos votos, contra 44% de seu rival, Sergio Massa. O segundo turno das eleições presidenciais do país vizinho levou 35,8 milhões de pessoas às urnas, o menor número registrado desde 2007.


No primeiro turno, o placar foi de 36% dos votos para o candidato peronista e 30,4% dos votos para o candidato de direita.


Nascido em 22 de outubro de 1970 no bairro de Palermo, em Buenos Aires, Milei é economista e entrou na política em 2018 após ser notado pelos principais veículos de comunicação argentinos por seu discurso “liberal libertário”.


Ele conquistou notoriedade nacional mesmo em 2020, quando se lançou candidato à Presidência do país nas eleições de 2023. Suas principais ideias são dolarizar a economia argentina em fases, reduzir as despesas estatais e privatizar empresas públicas.


Milei entende que extinguindo as verbas trabalhistas rescisórias, será menos onerosa a contratação, o que ajudaria a combater o desemprego. E na área de segurança pública, tornar acessível o porte de armas aos cidadãos e militarizar as prisões.


*Pleno.News