Proton Drive: tudo o que você precisa saber sobre rival do Google Drive

Proton oferece armazenamento seguro com foco em privacidade do usuário para competir com o Google Drive; confira todos os detalhes sobre a plataforma neste guia


Proton Drive é uma plataforma de armazenamento em nuvem criptografada, que promete um ambiente seguro para guardar todo tipo de arquivo. Forte concorrente de ferramentas do Google, oferece ferramentas como o Proton Docs, que funciona de forma semelhante ao Google Docs. A empresa diz ter uma proteção contra coleta de dados, rastreamento online e impede que dados sejam usados para alimentar modelos de inteligência artificial. Neste guia, entenda melhor como funciona o Proton Drive, se a plataforma é realmente segura e como usar.

JPCN.Blog
Proton Drive e Proton Docs: conheça as ferramentas nesse guia completo — Foto: Divulgação/Proton

O que é Proton Drive e como funciona?

O Proton foi criado visando dar ao usuários um controle maior sobre suas vidas digitais. Lançada em 2014 a partir de um financiamento coletivo, a plataforma oferece uma série de ferramentas criptografadas. Baseada na Suíça, a empresa segue uma das leis de privacidade mais restritas do mundo, mantendo as informações dos usuários seguras contra a venda de dados, ataques cibernéticos e outros perigos.


Uma das principais ferramentas é o Proton Drive, um armazenamento em nuvem que oferece criptografia de ponta a ponta. Dessa forma, os dados não podem ser acessados por terceiros, nem mesmo pela própria Proton. Além disso, o backup automático é feito em vários datacenters, o que significa que os arquivos permanecem seguros mesmo que o dispositivo seja roubado. O Proton também conta com outros recursos criptografados, como e-mail, VPN, calendário e gerenciador de senhas.

JPCN.Blog
Proton oferece um ecossistema completo de ferramentas seguras, incluindo armazenamento na nuvem — Foto: Divulgação/Proton

O que é Proton Docs?

Proton Docs é um recurso integrado ao Proton Drive que permite a criação, edição e compartilhamento de arquivos de texto. A ferramenta funciona de forma semelhante ao Google Docs, oferecendo uma interface intuitiva e um ambiente colaborativo para criação de documentos. Assim como todas as ferramentas do Proton, um dos principais destaques do Proton Docs é a criptografia de ponta a ponta, que protege a privacidade dos arquivos.


O Proton Docs é uma ferramenta de texto bastante completa, com diversas opções de edição, como variedade de estilos e tamanhos de fontes, esquemas de cores, estilos de texto, entre outros. A plataforma permite ainda uma linkagem, criação de tabelas e incorporação de imagens facilitadas.


Assim como o Google Docs, a ferramenta possibilita o trabalho colaborativo em tempo real, o que significa que diversos usuários podem editar um arquivo ao mesmo tempo. Além disso, é possível fazer comentários, deixar comentários e criar uma thread de conversação no próprio arquivo, sendo possível trabalhar inteiramente na plataforma, sem precisar de aplicativos adicionais. O compartilhamento é feito por meio de links seguros, com permissões que podem ser controladas e revogadas a qualquer momento pelo criador.

JPCN.Blog
Proton Docs é uma ferramenta para criar, editar e compartilhar textos — Foto: Reprodução/Juliana Villarinho

Como usar o Proton Drive?

Para usar o Proton Drive e os outros recursos da empresa, é necessário estar cadastrado na plataforma. Para isso, basta acessar o link “https://proton.me/drive” (sem aspas) e clicar em “Create a free account”, localizado no canto superior direito da tela. Ao fazer o cadastro, é possível escolher entre usar um e-mail de outro domínio ou criar uma conta segura no Proton. Por fim, será necessário criar uma senha e finalizar a inscrição. Para usar os recursos do Proton Drive, siga esses passos:


  • Acesse o site “https://proton.me/drive”;
  • Faça login usando e-mail e senha cadastrados;
  • Para enviar um arquivo, clique em “+Novo” e, depois, em “Enviar arquivo” ou “Enviar Pasta”. Também é possível arrastar e soltar os arquivos para serem salvos automaticamente;
  • Em “Computadores” é possível encontrar todos os arquivos salvos do seu dispositivo;
  • Em “Fotos”, ficam armazenadas todas as imagens salvas na nuvem;
  • Para administrar os arquivos compartilhados por terceiros, basta clicar em “Compartilhados” e, em “Compartilhados com você” aparecem os arquivos enviados por outros usuários;
  • Para criar um arquivo no Proton Docs, basta clicar em “+Novo” e escolher a opção “Novo documento”. Vale lembrar que os documentos são salvos automaticamente no Drive, aparecendo em “Meus arquivos” assim que criados.

JPCN.Blog
Para criar um novo documento no Proton Docs, clique em "+ Novo" e, em seguida, em "Novo Documento" — Foto: Reprodução/Juliana Villarinho

Proton Drive é gratuito?

É possível usar o Proton Drive gratuitamente, mas com algumas limitações, sendo permitido armazenar até 5 GB de dados. Já o Drive Plus custa 3,99 euros por mês no plano anual (cerca de R$ 23,90 na cotação atual) e dá acesso a 200 GB de espaço e histórico de versões de documentos. O Proton Unlimited custa 9,99 euros por mês no plano anual (R$59,91) e oferece 500 GB de armazenamento, histórico de versões e acesso aos recursos premium de todos os produtos do ecossistema Proton.


Recentemente, a plataforma incluiu um plano familiar em seu catálogo, com 3 TB de armazenamento e todos os outros benefícios do Unlimited, por 23,99 euros mensais no plano anual (R$ 143,86 na cotação atual). Todos os planos, incluindo o gratuito, contam com o mesmo nível de segurança, através da criptografia de ponta a ponta. O Proton também tem uma garantia de satisfação, devolvendo o dinheiro caso o usuário desista da compra em até 30 dias.

JPCN.Blog
Proton conta com um plano gratuito e diferentes opções de assinaturas — Foto: Reprodução/Juliana Villarinho

Proton Drive é seguro?

O principal pilar do Proton é oferecer produtos realmente privados, deixando o usuário em total controle dos seus dados. Ao contrário de outras empresas de tecnologia, o Proton garante que seus dados jamais serão vendidos para terceiros ou usados para treinar softwares de inteligência artificial, o que dá ainda mais privacidade para os usuários. Com a criptografia de ponta a ponta, o Proton Drive proporciona um ambiente seguro para o armazenamento de arquivos, o que significa que apenas o dono ou as pessoas com o link conseguem acessá-los.


A tecnologia usada para proteger os arquivos hospedados no Proton Drive é uma das mais avançadas. Conhecida como Criptografia de Curva Elíptica (ECC Curve25519), este recurso é usado para impedir ataques cibernéticos e manter dados protegidos. Além disso, o Pronton é uma plataforma Open Source (código aberto), o que permite ser amplamente testada e aprimorada.

JPCN.Blog
O Proton oferece criptografia de ponta a ponta — Foto: Reprodução/Freepik

Proton Drive é melhor que o Google Drive?

Para escolher qual a melhor plataforma entre Google Drive e Proton Dive, o usuário deve entender seu tipo de uso e decidir qual ferramenta atende melhor às suas necessidades. Para quem já usa o sistema Android e está totalmente integrado com o ecossistema, talvez seja melhor se manter no Google Drive. Afinal, a plataforma faz o backup automático dos dispositivos conectados, garantindo que nenhum arquivo seja perdido.


Caso esteja procurando uma plataforma com mais segurança, que garante arquivos protegidos com criptografia de ponta a ponta, o ideal é usar o Proton Drive. Outra opção é usar o Google Drive para o dia a dia e o Proton Drive para armazenar arquivos mais importantes ou sensíveis.

JPCN.Blog
Google Drive oferece integração total com o sistema Android — Foto: Divulgação/Google

Quais as vantagens e desvantagens de usar Proton Drive?

Com certeza, uma das maiores vantagens de usar o Proton Drive é a camada extra de segurança e privacidade que ele oferece. A criptografia de ponta a ponta ajuda a manter os arquivos armazenados seguros, sem riscos de vazamentos ou invasões.


O Proton Drive, no entanto, também conta com algumas desvantagens em relação aos concorrentes. O primeiro ponto é o espaço bastante limitado no plano gratuito. Enquanto o Google Drive oferece 15 GB, o Proton Drive disponibiliza 5GB sem custos. De modo geral, o valor do armazenamento do Proton acaba saindo mais caro, já que o valor é cobrado em euro. Para ter uma ideia, no Google, 200 GB de armazenamento custa R$ 119,90 por ano, já no Proton, esta mesma quantidade de espaço sai por aproximadamente R$ 287,12.


*Com informações de The Verge /*Tech Crunch /*Tech Radar /*TechTudo