Planalto tem “gabinete” para pautar influenciadores, diz jornal

Reuniões diárias sugerem temas para serem abordados nas redes sociais

JPCN.Blog
(Imagem ilustrativa) Foto: Adrienn/Pexels

A Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República mantém reuniões diárias com equipes do Partido dos Trabalhadores (PT) que definem os assuntos que os canais e perfis petistas devem usar para pautar o chamado “gabinete da ousadia”.


As reuniões acontecem sempre às 8h com a participação de assessores da Secom, do PT nacional e dos gabinetes das lideranças do partido do presidente Lula na Câmara e no Senado. A ideia é definir os assuntos que serão levados para as redes sociais e que serão ampliados pelos influenciadores governistas. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.


Eventualmente, esses influenciadores do governo Lula recebem briefings com os temas a serem tratados. Uma estratégia que surgiu ainda na campanha eleitoral de 2022 e que faz uma contraposição ao “gabinete do ódio”.


Dentro dessa linha de trabalho, os influenciadores fazem ataques coordenados a críticos e tentam desqualificar a imprensa. Ao mesmo tempo, a rede de páginas, nas redes sociais, investe em defender o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


Um exemplo do trabalho desse “gabinete da ousadia” foi visto durante a tragédia no Rio Grande do Sul, quando as redes do governo e de influenciadores lulistas investiram em rebater o que eles chamavam de “fake news” e exaltar as ações do governo federal.


*Pleno.news 

Comente com o Facebook!